Profissionais realizam trabalho de conscientização e combate ao Aedes Aegypti

0
117

Durante o mês de outubro, as agentes de endemias, os agentes comunitários de saúde e a Secretaria Municipal de Obras desenvolveram um cronograma de atividades na área urbana, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância de eliminar focos do mosquito Aedes Aegypti, causador da dengue, zika e chikungunya.

Entre as ações destacam-se abordagens explicativas à alunos e população, bem como entrega de materiais informativos. Os profissionais também percorreram algumas ruas com o intuito de identificar e eliminar possíveis focos do mosquito.

Os profissionais ressaltam que é necessário estar sempre alerta, manter a atenção e redobrar os cuidados para eliminar possíveis criadouros do Aedes Aegypti. Entre as medidas recomenda-se:

– Eliminar recipientes que possam acumular água, como potes, tampas e restos de materiais de construção;

– Limpar calhas e caixas d´água;

– Tampar caixas d’água, tonéis e latões;

– Guardar garrafas vazias viradas para baixo;

– Guardar pneus sob abrigos;

– Não acumular água nos pratos de vasos de plantas e enchê-los com areia;

– Manter desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises;

– Manter piscinas tratadas o ano inteiro;

– Evitar levar aos cemitérios recipientes que possam acumular água, pois serão retirados e tomadas medidas cabíveis;

– Cobrir fossas, pias e tanques, evitando vazamentos, pois no município existem registros de problemas;

– Depositar o lixo nas lixeiras somente nos dias de coleta;

– Limpar as lixeiras, evitando o acumulo de água. Caso a lixeira for fechada, recomenda-se fazer alguns furos para a água escorrer;

– Ainda como medida de proteção/prevenção é recomendável o uso de repelente.

Fotos: Foto Kehl