Grupos de tabagistas contribuem para a redução do número de fumantes

0
184

Relatório divulgado em julho de 2019 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) revela  que o Brasil se  tornou o segundo país do mundo a cumprir as medidas indicadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para a redução do fumo, tornando-se referência mundial no combate ao tabagismo. Na última década, o número de fumantes no país foi reduzido em 40%, esse dado é a conclusão de uma pesquisa realizada pelo Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel).

A redução no consumo é resultado de diversas ações desenvolvidas no país. Um exemplo é o tratamento oferecido nas unidades básicas de saúde pelo SUS. Em Iraí, o Núcleo de Apoio à Atenção Básica (NAAB) desenvolve atividades com fumantes que desejam abandonar o vício desde maio de 2017. Conforme o psicólogo Elisio Rosa, a adesão ao tratamento é muito expressiva e os resultados excelentes. Além do psicólogo, a equipe é composta pela médica Micheli Lopes Igansi.

Como participar

Os interessados devem realizar o cadastramento na Unidade Básica de Saúde, posteriormente, serão submetidos a avaliação psicológica e clínica, as quais determinarão se o paciente está apto a frequentar o grupo.

Atualmente está em andamento o 17º  grupo, cada um é composto por até 14 integrantes. Os encontros são semanais, durante um mês. Neste período, ocorrem trocas de experiências, exposições dos progressos e orientações. Após, ocorre um trabalho de acompanhamento, através da manutenção da terapia cognitivo-comportamental.

 

Fonte: O Tempo